Estaleiro EAS

“Demanda na indústria naval existe, mas é dominada pelos países asiáticos”, diz consultor

Descontinuidade da política, regras de conteúdo local e BR do Mar estão entre as principais críticas do setor naval.

18/02/2021|Seção: Destaque Superior 150px|Tags:, , , |

Sob o comando de uma mulher, o Estaleiro Atlântico Sul inicia sua retomada

Nesta segunda-feira (26), o Estaleiro Atlântico Sul (EAS) dá início à sua retomada. Após 17 meses sem atividades, entra no seu dique o primeiro de dois navios que vão permitir recontratar funcionários e ver o dinheiro entrar novamente no caixa. Assim, o EAS começa a materializar o business plan traçado desde que entrou em Recuperação Judicial, há pouco mais de um ano.

29/10/2020|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , |

EAS receberá 3 navios para reparos

Para presidente do estaleiro, armadores estão começando a enxergar alternativas de reparo no Brasil. Estratégia, segundo Nicole Terpins, é mesclar reparos com outras atividades como a construção e desmantelamento, mantendo olhar atento a outras oportunidades, como projetos da Marinha.

28/10/2020|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , , , |

Nicole Terpins, do EAS: ‘Não há motivos para não desmantelar fixas no Brasil’

Presidente do EAS acredita que estaleiros nacionais vão conseguir demonstrar a operadores expertise e condição de descomissionar unidades no Brasil, inclusive para FPSOs, o que dependerá de esforço e incentivos para chegar a preços mais competitivos.

27/10/2020|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , , |

Estaleiros de Suape não são totalmente contrários ao BR do Mar, diz presidente de complexo

Leonardo Cerquinho disse que estaleiros defendem garantias para que navios petroleiros e gaseiros não sejam incluídos nas regras do PL 4199 (BR do Mar) que valerem para construção e afretamento de porta-contêineres.

29/09/2020|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , , |

Mais 2 estaleiros nacionais de olho em projeto do navio antártico

Tanto EAS, em Pernambuco, quanto Mauá (RJ) estudam parcerias para participar da concorrência do NApAnt. Comprovação de capacidade e experiência na construção de navios similares pode ser do próprio estaleiro ou de um parceiro tecnológico.

24/09/2020|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , , |

Oceanpact obtém prioridade do FMM para modernização e reparo de 4 barcos de apoio

O Ministério da Infraestrutura publicou nesta quinta-feira (25), o detalhamento da 41ª reunião ordinária do conselho diretor do fundo da marinha mercante (CDFMM), realizada no último dia 4 de julho, em Brasília. A maior parte dos R$ 3,3 bilhões em prioridades de financiamento aprovadas na ocasião são referentes a reapresentações e suplementações. Dentre os novos projetos, somente a aprovação de R$ 19,3 milhões destinados à modernização e reparo de embarcações de apoio marítimo. O valor está priorizado para quatro PSV/OSRVs da Oceanpact (Ilha da Trindade, Macaé, Martin Vaz e NS Loreto), com validade de 450 dias a partir da publicação. O serviço, de acordo com a resolução do CDFMM, será realizado pela Dock Brasil.

29/07/2019|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , , , , |

Governo da Bahia debate novos modelos de negócios para o Estaleiro Enseada em Maragogipe

A reativação do Estaleiro Enseada, localizado em Maragogipe, no Recôncavo Baiano, foi discutida nesta terça-feira (23/07/2019), na Secretaria do Planejamento do Estado. Leia mais...

23/07/2019|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Pernambuco: costas largas para o crescimento

Economia de Pernambuco vem reagindo à crise que tomou conta do País a partir de 2014. Pelos dados disponíveis até o terceiro semestre de 2018, o Produto Interno Bruto (PIB) estadual teve um aumento de 2,2% em relação ao mesmo período de 2017. Enquanto aguardamos a divulgação do quarto trimestre, fica a estimativa de que a economia pernambucana cresça entre 2% e 2,5% em 2018.

11/03/2019|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Sem previsão de encomendas no curto prazo, horizonte é incerto

O horizonte permanece nublado para a indústria naval, que sobrevive sem saber ao certo como será o volume de pedidos para os próximos cinco anos. Incertezas em relação à retomada das encomendas pela Petrobras, sobre o nível de conteúdo nacional e o lançamento de medida provisória que permitirá a destinação de recursos para que a Marinha do Brasil encomende embarcações a estaleiros do país colocam uma interrogação sobre o nível de produção e de emprego no setor a partir de meados de 2019, quando serão entregues cinco navios petroleiros e uma plataforma de produção de petróleo.

31/08/2018|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |