FPSO Cidade do Rio de Janeiro

Plataforma com problemas no casco guarda 450 mil litros de diesel, diz ANP

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) afirmou nesta quarta (28) que o navio plataforma Cidade do Rio de Janeiro, que enfrenta problemas estruturais na Bacia de Campos, tem 450 mil litros de óleo diesel e 169 mil litros de borra oleosa em seus tanques. Segundo a japonesa Modec, responsável pela construção e operação da plataforma para a Petrobras, os danos no casco progrediram nesta quarta. A companhia afirma, porém, que continuam confinados a um tanque, o que configura cenário de estabilidade.

29/08/2019|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Rachaduras no FPSO Cidade do Rio de Janeiro

A Modec e a Petrobras avaliam possibilidade de rebocar o FPSO Cidade do Rio de Janeiro para um estaleiro, após detectar trincas no casco do navio, que ocasionaram o vazamento de cerca de 1,2 m³ de óleo residual, no último final de semana. Segundo apurado com exclusividade, há cinco trincas no casco e várias embarcações estão dando apoio na região.

28/08/2019|Seção: Destaque 300px|Tags:, , |