Destaque Superior 300px

Enseada Indústria Naval participa da OTC Brasil

A Enseada Indústria Naval participa pela primeira vez da OTC Brasil, de 24 a 26 de outubro, no Riocentro, Rio de Janeiro, cujo tema é “Transforming Today to Power the Solutions of Tomorrow”. O objetivo do estaleiro Enseada é apresentar sua unidade industrial como alternativa para a construção de cascos e módulos de FPSO, navios especializados e reparos navais, bem como para outras demandas da indústria de Óleo e Gás.

20/10/2017|Seção: Destaque Superior 300px, Notícias da Semana|Tags:|

Brasfels entrega FPSO Cidade de Campos dos Goytacazes MV29 para Modec

O estaleiro Brasfels em Angra dos Reis (RJ) entregou, na última sexta-feira (29/9), a FPSO Cidade de Campos dos Goytacazes MV29 para a Modec Offshore Production Systems (Singapura), subsidiária da Modec. A unidade partiu do estaleiro e será implantada nos campos Tartaruga Verde e Tartaruga Mestiça, na Bacia de Campos, no Rio de Janeiro. A Keppel Fels, que controla o estaleiro, informou que o FPSO foi concluído com segurança e dentro do orçamento e do cronograma previstos.

02/10/2017|Seção: Destaque Superior 300px|Tags:, , |

SINAVAL se encontra com o Ministro do Planejamento para tratar de reivindicações do setor

Impactos causados pela queda brusca da demanda estiveram na pauta do encontro.
No dia 13 de setembro, o Ministro do Planejamento e Orçamento, Dyogo Oliveira, recebeu o Presidente do Sindicato Nacional da Indústria de Construção e Reparação Naval e Offshore (SINAVAL), Ariovaldo Rocha, para tratarem das reivindicações do setor.
Acompanhado do Vice-Presidente Executivo, Carlos Macedo, o Presidente do SINAVAL solicitou apoio do Ministro ao pleito de alteração das regras aplicáveis aos financiamentos com recursos do Fundo da Marinha Mercante – FMM, como o alongamento do prazo para pagamento de 20 anos para 30 anos e a ampliação do período de carência para até 72 meses, que hoje é de até 48 meses.
“Com a queda brusca e expressiva das demandas, os estaleiros estão com dificuldades de manter a adimplência, assim como acontece em outros setores da economia. A mudança do cenário exige revisão das regras do FMM. O Ministro Dyogo Oliveira solicitou aos seus assessores um levantamento e uma avaliação em um breve espaço de tempo”, afirma Rocha.
Ainda em relação aos recursos do Fundo da Marinha Mercante foi apresentada uma proposta de alteração da legislação que estabelece a aplicação de 5% da arrecadação do Adicional ao Frete para Renovação da Marinha Mercante – AFRMM, a fundo perdido, para prover os recursos à construção dos navios da Marinha do Brasil.
Outro assunto abordado no encontro foi a redução drástica do conteúdo local dos projetos destinados à Petrobras, que decidiu solicitar waiver à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para não cumprir o compromisso contratual dessa exigência, o que, inclusive, forçou o SINAVAL a recorrer à Justiça, para que a obrigação contratual permanecesse.
Reunião com a ABESPetro
No mesmo dia, SINAVAL, Abimaq e outros fornecedores da indústria naval se reuniram com a ABESPetro, associação representante das operadoras, para alcançarem um acordo que satisfizesse fornecedores e operadoras. Um acordo entre as partes está previsto para ser fechado em breve.

25/09/2017|Seção: Destaque Superior 300px, SINAVAL Informa|Tags:|

Suezmax Abdias Nascimento começa operar na Bacia de Campos

O navio "Abdias Nascimento" foi entregue à Transpetro e entrou em operação a última quinta-feira (14) no Estaleiro Atlântico Sul (EAS), em Pernambuco, tendo como destino em sua primeira viagem a Bacia de Campos. Com 274 metros de comprimento, o navio tem capacidade de carregamento da ordem de 1 milhão de barris de petróleo e está preparado para operar no Brasil e no exterior. Com o suezmax Abdias Nascimento ao mar, a Transpetro amplia sua frota e se torna ainda mais capacitada para atender as demandas de seus clientes, garantindo a qualidade dos serviços, a segurança e respeitando os mais rigorosos padrões internacionais.

20/09/2017|Seção: Destaque Superior 300px|Tags:, |

Conselho Diretor do Fundo da Marinha Mercante

RESOLUÇÃO Nº 160, DE 29 DE AGOSTO DE 2017 Concede, altera, referenda e dá publicidade ao cancelamento de prioridades de apoio financeiro do Fundo da Marinha Mercante FMM às empresas brasileiras e seus respectivos projetos. O CONSELHO DIRETOR DO FUNDO DA MARINHA MERCANTE, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelos incisos VIII e IX do art. 2º e art. 7º do Decreto nº 5.269, de 10 de novembro de 2004, tendo em vista o disposto no art. 8º da Portaria GM nº 253, de 12 de março de 2009, e as deliberações da 35ª Reunião Ordinária, realizada em 24 de agosto de 2017, resolve: Art. 1º Conceder prioridade de apoio financeiro do Fundo da Marinha Mercante - FMM às empresas brasileiras e respectivos projetos, pelo prazo de 360 dias.

31/08/2017|Seção: Destaque Superior 300px, SINAVAL Informa|Tags:|

Encontro com a ANP no SINAVAL

O SINAVAL recebeu em sua sede no dia 11 de agosto o Diretor-Geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis-ANP, Dr. Décio Oddone, acompanhado da Coordenadora de Conteúdo Local, Dra. Daniela Corrêa, do Procurador-Geral da Agência, Dr. Evandro Caldas, e do Assessor da Diretoria Dr. André Regra. O Presidente do SINAVAL, Dr. Ariovaldo Rocha, fez as honras da casa, em companhia dos Diretores do SINAVAL Drs. Agostinho Serafim Junior, Fernando Barbosa e Alceu Souza e de Diretores de empresas associadas à Entidade de Classe, além da equipe de trabalho do SINAVAL e assessores. No encontro, que transcorreu em clima de cordialidade e gentileza por parte de ambas as instituições, foram debatidos assuntos de interesse comum à Indústria Naval e Offshore brasileira e à ANP. Nas fotos, dois momentos do encontro, com os cumprimentos do Presidente Rocha ao Dr. Décio Oddoni e uma vista geral dos participantes do evento. Na página interna, outras fotos do encontro.

15/08/2017|Seção: Destaque Superior 300px, SINAVAL Informa|Tags:, , |

Por que indústria naval deve ser forte

Foi na Ponta da Areia, em Niterói, que Irineu Evangelista de Sousa, o Barão de Mauá, fundou o primeiro estaleiro do Brasil, no Império. No século XX, o regime militar deu grande impulso ao setor, e o Brasil se tornou, nos anos 70, o segundo produtor de navios do mundo. No mesmo período, começamos o desenvolvimento tecnológico para a construção de plataformas de exploração de petróleo. Esse desafio nos tornou líderes e recordistas mundiais na exploração de petróleo em águas profundas, atingindo o recorde de sete mil metros de lâmina d’água, na Bacia do Pré-Sal. Só isso já seria suficiente para incentivar nossa indústria naval, imprescindível para a indústria do petróleo.

08/08/2017|Seção: Artigos, Destaque Superior 300px|Tags:|

Reunião da Diretoria do SINAVAL

Realizou-se no dia 27 de julho último uma nova reunião da Diretoria do SINAVAL, na sede da Entidade de Classe, no Rio de Janeiro. No encontro, que contou com a participação de representantes de estaleiros associados ao SINAVAL, foram debatidos assuntos dos mais relevantes para a Indústria Naval e Offshore brasileira e examinados temas referentes à conjuntura atual dessa indústria. Nas fotos, a mesa diretora dos trabalhos, coordenada pelo Presidente Ariovaldo Rocha, e duas vistas gerais dos participantes da reunião.

31/07/2017|Seção: Destaque Superior 300px, SINAVAL Informa||

Reunião na Emgepron

No dia 26 de julho foi realizada uma reunião entre representantes da Marinha do Brasil e do SINAVAL, na sede da Emgepron – Empresa Gerencial de Projetos Navais, na Ilha das Cobras, Rio de Janeiro. Na ocasião, foram apresentadas pela Marinha ao SINAVAL as demandas de navios para o reaparelhamento e modernização da Armada, que necessita de novos meios flutuantes para a importante missão de defesa da costa brasileira e que poderão ser construídos em estaleiros nacionais. Na foto, da esquerda para a direita, o Contra-Almirante Wagner Corrêa dos Santos, Diretor Administrativo-Financeiro da Emgepron; o Sr. Jorge Faria, Assessor da Presidência do SINAVAL; o Vice-Almirante Francisco Antonio Laranjeira, Diretor-Presidente da Emgepron; os Srs. Sandro Corrêa, Jorge Ferraz e Guilherme Coelho, representantes do SINAVAL; e o Sr. Sergio Bacci, Vice-Presidente Executivo do SINAVAL.

28/07/2017|Seção: Destaque Superior 300px, SINAVAL Informa||

P-76 ruma em março para o campo de Búzios

O Consórcio Technip-Techint programa a saída do FPSO P-76 de seu cais em Pontal do Paraná (PR) para março do ano que vem. O plano é iniciar em agosto a integração e o comissionamento dos módulos de grande porte no casco da unidade, que foi contratada pela Petrobras para produzir no campo de Búzios, na área da cessão onerosa, no pré-sal da Bacia de Santos. 

19/07/2017|Seção: Destaque Superior 300px, Notícias da Semana|Tags:, , |