Institucional

Propostas da Indústria Naval para as Eleições de 2022

Este documento oferece informações detalhadas sobre o setor e reúne as propostas do SINAVAL para o Brasil para o desenvolvimento de uma política industrial forte e sustentável no futuro. Nosso objetivo é fornecer um arcabouço de como recuperar e manter o setor naval forte, competitivo e eficiente.
Clique aqui para ler o documento completo

04/07/2022|Seção: Destaque Superior 300px|Tags:|

Nota

O SINAVAL registra, com satisfação, o 56º  aniversário da FEMAR (Fundação de Estudos do Mar), transcorrido neste 31 de maio.
Fundada em 1966 por um conjunto de Associações e Sindicatos, dentre os quais o SINAVAL, a FEMAR atua na formação, especialização e aperfeiçoamento de pessoas que exercem atividades pertinentes ao mar e desenvolve cursos e programas de interesse da Marinha do Brasil relacionados a pesquisa e extensão.
Desde 2011 é credenciada pelo MEC como Fundação de Apoio ao Núcleo de Inovação Tecnológica da Marinha. 
Nossos cumprimentos à Administração da FEMAR pela data.

31/05/2022|Seção: Informações do Setor|Tags:, |

O SINAVAL aos 67 anos

Neste dia 25 de maio, fazemos uma ligeira pausa em nossas rotinas para refletirmos sobre o papel institucional do SINAVAL, que surgiu em 1955 como o Sindicato que veio a suceder uma Associação Profissional criada no Estado do Rio de Janeiro para defender as ideias empresariais de um pequeno número de pioneiros da Indústria Naval.
E o SINAVAL cresceu muito desde então, tendo participação relevante nos anos seguintes, principalmente nos tempos do Presidente Juscelino Kubitschek, um grande incentivador da indústria brasileira, idealizador das indústrias naval, automobilística e de produção de aço, além de criador do principal mecanismo de fomento de nosso segmento industrial, o FMM – Fundo da Marinha Mercante.
Hoje, quase sete décadas depois desses tempos inesquecíveis, lembramos do notável progresso experimentado pelos estaleiros brasileiros, que evoluíram com o SINAVAL e atingiram condições equiparadas às mais avançadas existentes em outros países que têm muito maior tradição nessa atividade industrial, como os europeus, e em pé de igualdade com os atuais expoentes asiáticos em termos de qualidade de seus produtos e excelência de seus trabalhadores.
Desde 1971, o SINAVAL detém a primazia da representação, em nível nacional, dos estaleiros brasileiros de todos os portes, que têm capacidade de produção de embarcações de todos os tipos e tamanhos, desde os pequenos barcos de lazer até enormes navios petroleiros e grandes plataformas de produção de petróleo no mar; desde avançados navios mercantes e de apoio às atividades da indústria de petróleo e gás natural até modernos rebocadores marítimos e portuários, além de comboios de barcaças e empurradores para o escoamento do agronegócio brasileiro em nossas hidrovias. E o Brasil tem hoje, também, uma grande experiência na reparação naval.
O SINAVAL desempenha sua missão em benefício da economia do Brasil com justificado orgulho e exalta o valor e a capacidade técnica das empresas do segmento industrial que representa e dos trabalhadores desta indústria. Os estaleiros navais e seus colaboradores sempre tiveram um grande papel nos resultados alcançados pela indústria brasileira, embora não venham recebendo nos últimos anos o reconhecimento que lhes é devido. Confiamos, entretanto, que em um futuro breve a fase negativa atual chegará ao fim e retomaremos a posição de relevo que conquistamos na Indústria Naval mundial, ao longo de muitos anos de lutas, sacrifícios e vitórias.
 
Longa vida à Indústria Naval Brasileira!
Ariovaldo Rocha
Presidente do SINAVAL

25/05/2022|Seção: Notas para a Imprensa|Tags:, |

Marinha do Brasil divulga vídeo institucional sobre a Amazônia Azul

A Amazônia Azul®️ é a região que compreende a superfície do mar, águas sobrejacentes ao leito do mar, solo e subsolo marinhos contidos na extensão atlântica que se projeta a partir do litoral até o limite exterior da Plataforma Continental brasileira. Leia mais

17/05/2022|Seção: Destaque Superior 150px, Notícias da Semana|Tags:, |

Nota do SINAVAL

O SINAVAL, em seu papel institucional de representação da Indústria Naval em nível nacional, vem a público apresentar sua posição em relação à notícia acima, publicada pela revista Portos e Navios em 14 de outubro de 2021, sobre a encomenda de dois navios porta-contêineres a um estaleiro da China.  Leia a nota completa

14/10/2021|Seção: Destaque Superior 150px|Tags:, , |

Tribunal Marítimo comemora nesta terça-feira 87 anos de existência

Quase centenária e atuante desde 1934, a “Corte do Mar” é uma Instituição que prima pela tradição. Mas isso em nada tem impedido seu avanço, em consonância com a disrupção tecnológica característica da atualidade, e mesmo diante dos desafios interpostos pela pandemia causada pela COVID-19 desde o último ano. Leia mais

13/07/2021|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

FIEB apoia o SINAVAL

A Federação das Indústrias do Estado da Bahia - FIEB apoia a inciativa do SINAVAL na defesa da indústria naval brasileira, que pode ser prejudicada caso os projetos de Lei em tramitação no Congresso Nacional sobre o tema cabotagem (PL 4199/2020 e PL 3129/2020) não sejam ajustados.

14/10/2020|Seção: Notas para a Imprensa, Notícias da Semana|Tags:, |

Indústria Naval e Offshore Brasileira – Visão da Indústria: BR do Mar ou do Mal?

 

11/09/2020|Seção: Documentos|Tags:|

O Brasil perde Pedro Carlos da Silva Telles, um dos maiores engenheiros do país

 

O Petronotícias abre um espaço especial para noticiar a morte, na semana passada, de um dos mais importantes engenheiros brasileiros aos 95 anos, o professor Pedro Carlos da Silva Telles. Abre um espaço para esta informação e para homenageá-lo pelo legado que deixa para a engenharia brasileira. Ele é autor de 13 livros de engenharia […]

08/09/2020|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

Visita ao Tribunal Marítimo

O SINAVAL fez uma visita de cortesia na manhã do dia 19 de fevereiro ao Tribunal Marítimo, Órgão Autônomo criado em 1931 e vinculado ao Comando da Marinha, tendo sido o representante do SINAVAL, Jorge Faria, recebido pelo Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, Presidente daquele Tribunal, em sua sede situada na Av. Alfredo Agache, Praça XV de Novembro, no Rio de Janeiro.
O Almirante Lima Filho apresentou a Jorge Faria as dependências do Tribunal, modernizadas recentemente para dotar o Tribunal Marítimo das melhores condições para o desempenho de sua relevante missão institucional de julgar os acidentes e fatos da navegação em todo o território nacional e manter o registro geral da propriedade naval e dos armadores de navios brasileiros, bem como das hipotecas e demais ônus que recaem sobre as embarcações brasileiras.
O Tribunal Marítimo também é o responsável pela administração do REB – Registro Especial Brasileiro, uma importante medida de apoio e estímulo à Marinha Mercante e à Indústria Naval nacional.

25/02/2019|Seção: SINAVAL Informa|Tags:|