Inovação

ANP lança aplicativo com informações sobre produção de petróleo e promete para abril novas regras de conteúdo local

Já está valendo. Foi lançado nesta segunda-feira (5) pela ANP um aplicativo para aparelhos móveis – celulares e tablets – que reúne informações atualizadas sobre a produção e exploração de petróleo no país. Além de dados sobre a produção em cada um dos campos exploratórios no Brasil, a ferramenta possibilita ao usuário saber qual o montante arrecadado por cada governo – federal,  estadual e municipal – com royalties e participações especiais pela produção do óleo e gás.

07/02/2018|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Como é a construção de um navio de guerra moderno?

Os jornalistas convidados puderam conhecer em quatro dias corridos as bases navais de Toulon e Brest e visitar navios de guerra franceses, além de travar contato com empresas francesas e suas tecnologias empregadas em armamentos e sistemas.

31/01/2018|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Porta-helicópteros ‘Ocean’ virá para a MB com o mesmo sistema anti-poluição marítima dos NAes Queen Elizabeth

Entre os muitos sistemas navais de última geração embarcados no porta-helicópteros britânico de assalto anfíbio Ocean (L12), que está sendo comprado pela Marinha do Brasil (MB), existem aqueles que, mesmo fora do rol dos armamentos, dos sensores e dos equipamentos da Aviação Embarcada, representam um avanço inédito para a Força Naval Brasileira.

03/01/2018|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

Grupo Tigre desenvolve linha para atender ao mercado de óleo e gás

O Grupo Tigre desenvolveu uma linha para aplicações navais e de óleo e gás para utilizada na condução de líquidos corrosivos da indústria.

20/12/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

11º Seminário sobre Sustentabilidade e Meio Ambiente Marinho

Nos próximos dias 22 e 23 de novembro a Sociedade Brasileira de Engenharia Naval (Sobena) realiza no Rio de Janeiro o 11º Seminário de Sustentabilidade e Meio Ambiente Marinho.

14/11/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Costa Cruzeiros inicia construção do mega navio ‘Costa Smeralda’, o primeiro da frota movido por GNL

A construção do primeiro novo mega navio da Costa Cruzeiros movido por Gás Natural Liquefeito (GNL) teve início nesta terça-feira, 13 de setembro, no estaleiro Meyer, em Turku, na Finlândia. Na ocasião foi realizada a cerimônia de corte de aço. O novo mega navio será entregue em outubro de 2019 e se chamará "Costa Smeralda". O nome foi escolhido após um acordo firmado entre a empresa italiana e o Consórcio Costa Smeralda, que desenvolve e promove a região da Costa Esmeralda (principal área turística da Sardenha) e proprietária da marca Costa Smeralda.

18/09/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

Thyssenkrupp inaugura Centro Tecnológico de Manufatura Aditiva na Alemanha

Novo centro inicia a impressão 3D de peças e clientes se beneficiarão de produtos mais leves e eficientes.

13/09/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

Wartsila testa com sucesso manobras em navio não tripulado

O grupo de tecnologia da Wärtsilä deu um passo importante para o desenvolvimento de soluções para navio não tripulado. A empresa teve sucesso em teste que envolveu a condução de um navio em seqüência de manobras, usando a combinação de Posicionamento Dinâmico (DP) e controle manual de joystick.

05/09/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Grandes navios construídos em fibra já são uma realidade próxima

O projeto europeu FibreShip está com tudo pronto para iniciar a construção do primeiro navio comercial de grande porte (mais de 50 metros de comprimento) com um casco feito inteiramente em fibra, tecnicamente conhecida como Fibre Reinforced Polymer (FRP), material já utilizado me larga escala para embarcações de recreio, embarcações pequenas para transporte de passageiros, barcos de patrulha, barcos de corrida, baleeiras, botes de resgate e até mesmo em carros de competição, artigos esportivos, indústria aeroespacial e outras áreas.

28/08/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

Solução promete reduzir tempo de entrada em produção de FPSOs

A Siemens apresentou durante a O&G TechWeek, evento realizado esta semana no Rio de Janeiro, uma solução que promete reduzir em até nove meses o tempo de entrada em produção de um FPSO. A tecnologia, batizada como Topsides 4.0, simula e testa os componentes da plataforma virtualmente, o que reduz o tempo entre a concepção do projeto e o início da operação, que atualmente é de 36 meses em média.

28/08/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:|