Aibel fará comissionamento e reativação do FPSO Petrojarl I

  • 31/08/2017

QGEP pede ao Ibama a renovação da licença de instalação do navio-plataforma que vai operar em Atlanta

A Aibel fechou contrato com a Teekay para o comissionamento e reativação do FPSO Petrojarl I. A embarcação está afretada pela QGEP para realizar o sistema de produção antecipada (SPA) do campo de Atlanta, na Bacia de Santos.

A companhia já recebeu a embarcação em seu estaleiro em Haugesund, na Noruega. Os trabalhos devem durar um mês e o FPSO deixará a área e partirá em direção ao campo no início do quarto trimestre.

“Colaboraremos em proximidade com o cliente durante todo o projeto para garantir que o FPSO esteja pronto na data programa”, afirmou Bjørn Tollefsen, vice presidente executivo de Serviços em Estaleiro da Aibel.

A previsão inicial era que o Petrojarl I entrasse em operação ao final de 2016, mas o projeto de Atlanta sofreu sucessivos adiamentos. Recentemente, a QGEP fechou um acordo com a Teekay para a realização de adaptações na unidade, com consequente adiamento da entrada em operação do projeto, marcada para 2018.

Nesta terça-feira (29/8), a QGEP solicitou ao Ibama a renovação da licença de instalação do FPSO, já que a liberação original, emitida em fevereiro de 2016, venceria em janeiro de 2018.

De acordo com a petroleira, após a saída do Petrojarl I do estaleiro da Aibel, os próximos passos para o início da produção são a pré-instalação do sistema de ancoragem e a conexão do FPSO, que deve ocorrer ao final de 2017.

O FPSO Petrojarl I tem capacidade de armazenar 180 mil barris e produzir 30 mil b/d. Durante o SPA, a unidade ficará interligada a dois poços, que já estão perfurados, e a expectativa é que a produção atinja cerca de 20 mil b/d.

Fonte: Brasil Energia – Gabriela Medeiros
31/08/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags: , |