Começa a 14ª Rodada de Licitações no Rio de Janeiro e governo defende mudanças regulatória recentes

  • 27/09/2017

Começo de trabalhos na 14ª Rodada de Licitações da Agência Nacional do Petróleo (ANP). E o discurso de abertura, com a participação de membros do governo, adotou o tom de enaltecer as mudanças regulatórias feitas recentemente no setor, mesmo que essas alterações tenham contrariado toda a cadeia nacional de empresas fornecedoras. O Ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, um dos que falou durante a abertura, chegou a dizer que na regulação anterior a “ideologia superava a racionalidade”, num claro recado que a postura do governo é realmente se alinhar com o interesse das petroleiras, capitaneadas pela Petrobrás e IBP.

O diretor-geral da ANP, Décio Odonne, disse em sua fala que a 14ª rodada representará a retomada da economia não só do Brasil, mas também a do Rio de Janeiro. O discurso também teve a participação do ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, que destacou a criação de um calendário de leilões. Coelho Filho disse ainda que espera que o Brasil mantenha a previsibilidade das licitações de áreas de petróleo e gás para colocar o Brasil num lugar de destaque no cenário internacional de óleo e gás.

Representantes do movimento ‘Não Fracking Brasil’ estão presentes no leilão, mas até o momento não houve qualquer manifestação que atrapalhasse o andamento do certame.

Fonte: Petronotícias – Davi de Souza
27/09/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags: , |