Assinatura do contrato do FPSO de Mero II em 2019

  • 03/07/2018

Entrega de proposta para o afretamento de novo FPSO é postergada por quase quatro meses

A assinatura do contrato de afretamento do segundo FPSO definitivo de Mero, campo do cluster de Santos, deve ficar para 2019. O consórcio de Libra adiou mais uma vez a data de entrega das propostas da licitação, postergando o prazo para o dia 15 de outubro, o que provavelmente inviabilizará a finalização do processo ainda neste ano.

A entrega das propostas estava marcada para o dia 29 de junho. O adiamento seguiu a mesma estratégia das duas licitações para o afretamento de novos FPSOs para os projetos de Marlim e do Parque das Baleias, ambos na Bacia de Campos. A licitação foi lançada no início de janeiro.

As concorrentes terão que apresentar duas propostas distintas, uma com percentual de conteúdo local mais alto e outra com exigência mais baixa, ambas direcionadas a topside, casco e engenharia. O consórcio dará prioridade por abrir as propostas com conteúdo local mais alto e só abrem as demais se os preços ficarem acima do orçamento previsto. A análise das propostas de menor conteúdo nacional só será feita se nenhuma empresa apresentar preço dentro orçamento estimado para o serviço.

O FPSO de Mero 2 terá capacidade para produzir 180 mil barris/dia de óleo e comprimir 12 milhões de m3/dia de gás. O prazo do contrato de afretamento será de 22 anos e cinco meses e a unidade terá que estar pronta para operação em 2022.

Fonte: Brasil Energia – Claudia Siqueira
03/07/2018|Seção: Notícias da Semana|Tags: , |