Alepe desperta para encomendas da Marinha e seus efeitos para estaleiro de Suape

  • 07/11/2018

A Comissão de Desenvolvimento Econômico da Alepe confirmou que vai tentar incentivar os estaleiros de Pernambuco.
Os políticos se dizem preocupados com a ausência de encomendas para a produção de navios em Suape e o presidente da comissão, o deputado estadual Aluísio Lessa (PSB), informou que os membros da comissão irão visitar o complexo portuário de Suape na próxima quinta-feira (8).

De acordo com o parlamentar, a iniciativa visa, dentre outros assuntos, incentivar os estaleiros e apoiar o Vard-Promar, que disputa licitação da Marinha Mercante. A licitação deveria ocorrer agora, mas foi adiada para o governo Bolsonaro.

“Os estaleiros vivem a apreensão do encerramento das encomendas. Estamos somando esforços com a Frente Parlamentar Nacional de Defesa dos Estaleiros, onde o deputado federal pernambucano Tadeu Alencar (PSB) é vice-presidente, que defende que 40% dos navios a serem utilizados no Brasil sejam produzidos no país”, declarou.

Aluísio disse que a visita deverá contar com a presença do deputado federal eleito Luciano Bivar (PSL), que é aliado do futuro Presidente da República, Jair Bolsonaro.

Lessa comentou que a presença de Bivar será importante para que o presidente eleito fique ciente da situação dos estaleiros.

“Ele tem uma relação muito próxima com o presidente e a continuidade dos estaleiros depende unicamente do Governo Federal, já que a Petrobras é a grande interessada na construção de navios para transportes de óleos e construção de plataformas e também a Marinha Mercante”, disse.

Este será o segundo ato da comissão em defesa dos estaleiros.

No primeiro semestre, foi realizada uma audiência que contou com a presença de parlamentares, membros do Governo do Estado, trabalhadores e dirigentes dos estaleiros.

Segundo Aluísio, a ação da próxima semana irá mobilizar ainda mais parlamentares e agentes do Governo do Estado:
“A visita aos estaleiros vai contar com a presença de deputados federais, que serão atores importantes na garantia do conteúdo local, diretores dos estaleiros, gestores de Suape e o presidente da Fiepe. Seguiremos firmes na defesa deste segmento que gerou 18 mil empregos e hoje, lamentavelmente, tem pouco mais de três mil postos de trabalho. Esperamos que esta mobilização mostre ao próximo presidente eleito a necessidade de compromisso com esta causa”, afirmou.

Fonte: Jornal do Commercio – Blogue do Jamildo
07/11/2018|Seção: Notícias da Semana|Tags: , , |