Consórcio Águas Azuis: novo orçamento e abertura de vagas

  • 15/03/2021

O consórcio Águas Azuis está atualizando o orçamento total da construção das quatro Fragatas Classe Tamandaré, sendo reajustado agora no início de março, com o valor adicional de 460 milhões de reais. Com isso, a construção das quatro embarcações de guerra destinadas à Marinha do Brasil deve custar mais de 9,5 bilhões de reais.

As coisas em Itajaí (SC) seguem acontecendo com a thyssenkrupp, empresa alemã líder do consórcio Águas Azuis, dedicando 2021 para a mobilização do estaleiro. Após anunciar em janeiro a alteração do nome para Estaleiro thyssenkrupp Brasil Sul, o consórcio Águas Azuis iniciou uma nova fase de contratações. No momento as contratações focam nos setores administrativos e de engenharia. Além das vagas específicas, um cadastro no banco de dados do consórcio Águas Azuis pode ser feito para futuras oportunidades. A previsão é que o tão esperado corte da primeira chapa ocorra já no próximo ano e a entrega da primeira fragata seja entre 2024 e 2025.

O Consórcio Águas Azuis é uma aliança formada entre thyssenkrupp Marine Systems, Embraer Defesa & Segurança e Atech, escolhida pela Marinha do Brasil para a construção em Itajaí (SC) de quatro fragatas Classe Tamandaré. As fragatas terão 107,2 metros de comprimento, boca máxima de 15,95 metros e um deslocamento de 3,5 mil toneladas. Projetadas para a defesa da Amazônia Azul, serão equipadas com lançadores de mísseis e torpedos. A capacidade é para 136 tripulantes, mais um helicóptero, capaz de realizar operações antissubmarino, e um drone, veículo não tripulado, com capacidade para pouso e decolagem verticais.

Fonte: Portal Itajaí Naval.
15/03/2021|Seção: Destaque Superior 150px|Tags: , |