Yearly Archives: 2024

Nota do SINAVAL
Conteúdo Local nos contratos da Indústria de Óleo e Gás
Posição do SINAVAL


O SINAVAL tomou conhecimento da emenda aprovada na Câmara ao Projeto de Lei sobre o Programa Mobilidade Verde e Inovação (MOVER). Tal emenda estabelece índices para o Conteúdo Local nos contratos da Indústria de Óleo e Gás que afetam diretamente os Associados do SINAVAL. O Projeto de Lei está em discussão no Senado.

Sobre esse tema, o SINAVAL entende que o assunto, da forma como está sendo tratado, introduz modificações relevantes na política pública que trata dos índices e pode prejudicar os Estaleiros nacionais associados ao SINAVAL.

Esta Entidade de Classe vem participando de conversações no âmbito do Governo, conduzidas sob a liderança do MDIC, e com a Frente Parlamentar em Defesa da Indústria Naval. A posição do SINAVAL nessas conversações tem sido a de defender a ideia de que os índices de Conteúdo Local sejam estabelecidos por nichos de mercado, variando em função das características dos mercados atendidos pelos produtos dos Estaleiros.

Além disso, o SINAVAL defende a ideia da aplicação de medidas de incentivos ou bônus para as empresas operadoras que entregarem níveis de Conteúdo Local acima do mínimo exigido, entendendo que esse procedimento pode ser mais eficaz que a simples punição pelo não cumprimento dos índices de Conteúdo Local estabelecidos pelo CNPE (Conselho Nacional de Política Energética) após estudos conduzidos pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

O SINAVAL é favorável a um maior debate do texto dessa emenda para aprofundamento do tema, ouvidas todas as partes interessadas para aprimoramento do texto e atendimento aos diversos interesses envolvidos no assunto.

Ariovaldo Rocha
Presidente do SINAVAL

04/06/2024|Seção: Destaque Superior 300px|Tags:|

Abeeólica quer estaleiros nacionais no desenvolvimento da eólica offshore

Associação propôs ao MME que projetos usem estaleiros e indústria nacional existente e abasteçam plataformas de petróleo. Leia mais

03/06/2024|Seção: Destaque Superior 300px, Notícias da Semana|Tags:, , , |

Cetam realiza curso de soldador naval em parceria com estaleiro

O Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) deu início ao curso de Soldagem Mig/Mag para 43 alunos, em parceria com o Estaleiro Juruá. O público-alvo são 28 funcionários do estaleiro e 15 da comunidade do Cacau-Pirêra. A iniciativa faz parte do programa Cetam na Empresa e visa qualificar profissionais para atender a crescente demanda do mercado de construção naval na região. Leia mais

Fragata Tamandaré: foto recente da construção mostra provável início da pintura das obras vivas

A Emgepron divulgou nas mídias sociais uma foto tirada em 15 de maio da fragata Tamandaré em construção no thyssenkrupp Estaleiro Brasil Sul (tkEBS), em Itajaí (SC). Na imagem, é possível perceber que a parte inferior do casco, as chamadas “obras vivas” (abaixo da futura linha d’água quando o navio estiver flutuando) aparentemente estão recebendo pintura vermelha anti-incrustação. O tom vermelho é diferente da proteção comum avermelhada das chapas em geral, que se vê no restante do casco e superestrutura, assim como em imagens anteriores das obras. Leia mais

27/05/2024|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , |

Seatrium assina contrato com a Petrobras para construir as plataformas P-84 e P-85, com conteúdo local de até 25%

A Petrobras fechou a compra de mais duas plataformas com a Seatrium. As duas companhias assinaram hoje (24) os contratos de aquisição dos FPSOs P-84 e P-85, que serão instalados nos campos de Atapu e Sépia, em águas ultraprofundas, no pré-sal da Bacia de Santos, com início de produção previsto entre 2029 e 2030. Leia mais

27/05/2024|Seção: Destaque Superior 300px, Notícias da Semana|Tags:, , |

Os 69 anos do SINAVAL


Neste dia 25 de maio, interrompemos nossas atividades para uma reflexão sobre o papel institucional do SINAVAL, que surgiu em 1955 como o Sindicato que veio a suceder uma Associação Profissional criada no Estado do Rio de Janeiro para defender as ideias empresariais de um pequeno número de pioneiros da Indústria Naval.

E o SINAVAL cresceu muito desde então, tendo participação relevante nos anos seguintes, principalmente nos tempos do Presidente Juscelino Kubitschek, um grande incentivador da indústria brasileira, idealizador das indústrias naval, automobilística e de produção de aço, além de criador do principal mecanismo de fomento de nosso segmento industrial, o FMM – Fundo da Marinha Mercante.

Hoje, quase sete décadas depois desses tempos inesquecíveis, lembramos do notável progresso experimentado pelos estaleiros brasileiros, que evoluíram com o SINAVAL e atingiram condições equiparadas às mais avançadas existentes em outros países que têm muito maior tradição nessa atividade industrial, como os europeus, e em pé de igualdade com os atuais expoentes asiáticos em termos de qualidade de seus produtos e excelência de seus trabalhadores.

Desde 1971, o SINAVAL detém a primazia da representação, em nível nacional, dos estaleiros brasileiros de todos os portes, que têm capacidade de produção de embarcações de todos os tipos e tamanhos, desde os pequenos barcos de lazer até enormes navios petroleiros e grandes plataformas de produção de petróleo no mar; desde avançados navios mercantes e de apoio às atividades da indústria de petróleo e gás natural até modernos rebocadores marítimos e portuários, além de comboios de barcaças e empurradores para o escoamento do agronegócio brasileiro em nossas hidrovias. E o Brasil tem hoje, também, uma grande experiência na Reparação Naval, bem como na Indústria Náutica, que constrói, além dos barcos pequenos, iates de grande porte.

O SINAVAL desempenha sua missão em benefício da economia do Brasil com justificado orgulho e exalta o valor e a capacidade técnica das empresas do segmento industrial que representa e dos trabalhadores desta indústria. Os estaleiros navais e seus colaboradores sempre tiveram um grande papel nos resultados alcançados pela indústria brasileira, embora não tenham recebido, dos governos pós-2014, o reconhecimento que lhes era devido. Confiamos, entretanto, que em um futuro que não está distante a fase negativa chegará ao fim e retomaremos a posição de relevo que conquistamos na Indústria Naval mundial, ao longo de muitos anos de lutas, sacrifícios e vitórias.

Longa vida à Indústria Naval Brasileira!
Ariovaldo Rocha
Presidente do SINAVAL

25/05/2024|Seção: Destaque Superior 300px, Notícias da Semana|Tags:|

Magda Chambriard assume comando da Petrobras

De acordo com a Petrobras, não será necessária a convocação de Assembleia de Acionistas. Leia mais

24/05/2024|Seção: Destaque Superior 300px, Notícias da Semana|Tags:, , |

José Antônio de Figueiredo*: 5 anos de conteúdo local e uma verdadeira orquestra brasileira

Há cinco anos, uma gigante dos mares elevou o nível do mercado brasileiro de energia e deu o tom da importância do investimento em conteúdo local. Essa é a P-76, uma plataforma de petróleo do tipo FPSO construída pela Techint Engenharia e Construção para a Petrobras. Leia mais 

FMM tem ‘boom de novos projetos’, afirma Dino Batista

Secretário nacional de hidrovias e navegação destacou apresentação de pleitos para construção de embarcações de navegação interior e para outros segmentos. Leia mais

22/05/2024|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Navio da Marinha com ajuda humanitária chega ao RS; veja como foi operação de reconhecimento

Navio leva ajuda especializada, equipamentos, remédios e mantimentos para a população atingida pelas cheias no Rio Grande do Sul. Leia mais

13/05/2024|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , |