Leilão de sondas pode render US$ 64,14 milhões

  • 12/05/2017

O leilão internacional feito pela Petrobras para vender sete sondas de perfuração pode render para a empresa US$ 64,14 milhões. As propostas foram abertas nesta quarta-feira (10/5) e agora serão submetidas à diretoria da petroleira.

As sondas P-59 e P-60, jack-ups que têm apenas cinco anos de idade e demandaram investimentos da ordem de US$ 700 milhões, receberam apenas proposta da empresa Green Turtle, que ofereceu US$ 60 milhões pelas duas unidades, sendo US$ 30 milhões para cada.

A Comissão de Licitação indicou para a Green Turtle que a proposta estava abaixo do preço mínimo – não revelado –  estabelecido internamente, mas a empresa decidiu manter a oferta. A empresa Sirius Offshore foi habilitada para bidar, mas colocou condicionantes e acabou desclassificada. Com isso, a Green Turtle ficou sozinha na proposta.

A principal vencedora da concorrência foi a Rota Shipping, que arrematou as sondas P-10, P-16, P-17 e P-23. Vai desembolsar sozinha US$ 4,1 milhões para vender as plataformas como sucata na Turquia. A empresa venceu todas as disputas feitas com a Alpha Ship Trading, que pretendia sucatear as sondas na Índia.

O resultado do leilão ainda será avaliado pela comissão de licitação. O trabalho  de análise levará em consideração o valor das propostas vencedoras, o custo de manutenção de cada unidade e a estimativa de valor da Petrobras para cada uma das plataformas.A unidade que teve menor disputa foi a sonda P-3, que acabou sendo arrematada pela América Óleo e Gás por US$ 20 mil.

 

Fonte: Brasil Energia – Cláudia Siqueira e Felipe Maciel
12/05/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags: , |