Conjuntura

Financiamento mais caro para a indústria de construção naval e offshore

A Medida Provisória (MP) 777, que muda o cálculo da taxa de juros para contratos do BNDES, aumentará, se aprovada, o custo dos financiamentos do Fundo da Marinha Mercante (FMM), assinalou, nesta terça-feira (15/8), a diretora do Departamento de Marinha Mercante do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Laira Vanessa Lage Gonçalves.

16/08/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Investimentos no offshore abaixo de US$ 60 bi/ano até 2021

Os investimentos anuais em projetos no offshore devem ficar entre US$ 40 bilhões e US$ 60 bilhões até 2021, acredita a Westwood Energy. De acordo com a consultoria, no entanto, o cenário poderá ser bastante diferente caso novos projetos não sejam aprovados. Neste caso, o valor pode cair para US$ 14 bilhões ao final do período.

08/08/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

Frota de apoio encerra junho com 386 embarcações

A frota de apoio marítimo no Brasil encerrou o mês de junho com 386 embarcações, duas a mais que no mês anterior e 23 a menos ante igual período de 2016, quando havia 409 unidades em águas nacionais (redução de 5%). A comparação tem como base dados fornecidos pela Abeam.

08/08/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , |

Se não fizermos nada, setor de petróleo vai parar, diz ANP

Embora demonstre otimismo com a procura pelos leilões de áreas petrolíferas que o governo vai realizar neste ano, o diretor-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), Décio Oddone, diz que uma das prioridades no momento é destravar investimentos de curto prazo.

08/08/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

Indústria se reinventa para lucrar com o barril barato

Aberdeen, cidade escocesa portuária construída com o granito do mar do Norte, sofreu abalos nos últimos anos. A queda nos preços do petróleo atingiu o setor petroleiro, que domina a economia local. Dezenas de milhares perderam seus empregos. Projetos avaliados em bilhões de dólares foram cancelados.

08/08/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

Rodadas do pré-sal recebem mais de 450 sugestões da indústria

A ANP vai se debruçar sobre as 475 contribuições apresentadas pela indústria para a 2ª e 3ª rodadas do pré-sal, agendadas para o dia 27 de outubro, cuja audiência pública foi realizada nesta terça-feira (25/7) no Rio de Janeiro (RJ). Ao todo, foram apresentadas 448 sugestões relativas à nova minuta contrato de Partilha e 28 propostas de mudanças referentes ao edital.

26/07/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , , |

Especialista perde a fé na recuperação do petróleo

Andy Hall, gestor de fundos "hedge" de petróleo, certa vez apelidado de "Deus" pelos lucros que conseguiu prevendo as cotações, deixou de acreditar, depois de muito tempo, na possibilidade de uma recuperação expressiva do mercado.

10/07/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Wilson Sons Agência recebe certificação anticorrupção

A Wilson Sons Agência, empresa de agenciamento marítimo do Grupo Wilson Sons, conquistou em junho o selo da Trace International, uma das maiores certificadoras no mundo em anticorrupção e antissuborno. A certificação demonstra o compromisso da companhia com a transparência comercial, permitindo atuar como parceiro comercial valorizado por empresas multinacionais.

06/07/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Atividade de desmonte naval é regulamentada pelo Ministério do Trabalho

O desmonte naval agora é atividade regulamentada no Brasil. Por meio da portaria nº 790, publicada no dia 9 de junho, o Ministério do Trabalho (MTb) alterou a Norma Regulamentadora nº 34 sobre condições de trabalho e meio ambiente na indústria da construção e reparação naval. Uma das alterações é a regulamentação da atividade de desmonte, cujo trabalho estava sendo realizado sem nenhuma segurança jurídica para o empregador e proteção ao trabalhador.

23/06/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Petrobras exerce preferência em três áreas no pré-sal

A Petrobras vai exercer o direito de preferência nas áreas de Peroba, Alto de Cabo Frio Central e Sapinhoá no 2o e 3o leilão de do pré-sal, que acontecem no dia 27 de outubro. A empresa terá que desembolsar R$ 810 milhões para ter a participação mínima de 30% em cada uma das áreas. As petroleiras privadas, brasileiras ou estrangeiras, vão poder disputar a operação de cinco áreas no pré-sal.

29/05/2017|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |