Sinaval

About Sinaval

This author has not yet filled in any details.
So far Sinaval has created 3275 blog entries.

Comissão da Câmara deve discutir fixação de conteúdo local por lei

A Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados deve realizar audiência pública para discutir conteúdo local nas áreas exploratórias licitadas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). A pauta é o PL 7401/2017, que recentemente recebeu relatório favorável do deputado Altineu Côrtes (PL/RJ), na Comissão de Minas e Energia (CME).

17/09/2019|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

AMRJ concluirá a construção dos navios-patrulha Maracanã e Mangaratiba

A Diretoria de Engenharia Naval (DEN), a Diretoria Industrial da Marinha (DIM), a Diretoria de Sistemas de Armas da Marinha (DSAM) e a Diretoria de Comunicações e Tecnologia da Informação da Marinha (DCTIM) celebraram, em 27 de agosto, nas dependências da DEN, o Termo de Compromisso para a conclusão da construção dos Navios Patrulha (NPa) “Maracanã” e “Mangaratiba”.

09/09/2019|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , |

Reunião do SINAVAL com o Ministro da Infraestrutura

O SINAVAL participou nesta segunda-feira dia 02/09/2019 de reunião em Brasília com o Ministro de Estado da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, ocasião em que foi apresentada a situação geral da Indústria Naval e Offshore Brasileira no âmbito das discussões do Programa BR do Mar, a ser lançado em outubro sob a forma de Medida Provisória.

O SINAVAL esteve representado pelo Presidente Ariovaldo Rocha e pelo Vice-Presidente Executivo Sergio Bacci. O Ministro estava acompanhado do Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários Diogo Piloni, do Diretor do Departamento de Hidrovias e Navegação Dino Batista e da Assessora do Ministério Cristiane Peralta.

Na reunião, que ocorreu em clima cordial e elevado, foram abordados alguns aspectos da futura Medida Provisória de especial interesse para a Indústria Naval e Offshore brasileira, como a necessidade de limitação da MP aos navios exclusivamente de Cabotagem, tendo S. Exa. assegurado que a MP não será estendida a outros tipos de embarcações que não sejam as de Cabotagem, como os navios de Apoio Marítimo, de Apoio Portuário e de Navegação Fluvial e às barcaças, balsas e chatas, bem como aos navios petroleiros. O Ministro Tarcísio concordou com a ideia da criação de um Fundo Garantidor para viabilizar as contratações de navios de grande porte a serem construídos pelos grandes estaleiros e informou que faria gestões nesse sentido junto ao Ministério da Economia. Uma outra questão levantada pelo SINAVAL, que pediu a atenção e ajuda do Ministro, foi a extensão dos prazos de carência e de pagamentos dos financiamentos concedidos pelo FMM-Fundo da Marinha Mercante para a construção ou modernização de estaleiros.

Também foi solicitado que o Ministro colaborasse, no que fosse possível, para a aprovação rápida do percentual do AFRMM-Adicional ao Frete para Renovação da Marinha Mercante a ser destinado à Marinha do Brasil para construção e reparação dos meios flutuantes necessários a seu programa de reaparelhamento, tendo S. Exa. concordado, informando que vai verificar o andamento do assunto e colaborar para sua finalização.

Sobre um último assunto da pauta do SINAVAL – a necessidade de retomada das contratações de plataformas, grandes navios e navios de Apoio Marítimo para os próximos anos pela Petrobras no Brasil –, o Ministro tomou nota da solicitação e informou que, como o assunto não faz parte da pauta do Ministério da Infraestrutura, não tem como interferir na política de contratações da Petrobras, mas disse acreditar que, com a realização dos novos leilões, haverá demanda também para a produção no Brasil.

Nas fotos, de autoria do fotógrafo oficial do Ministério Alberto Ruy, veem-se o Ministro Tarcísio ladeado à esquerda pelos Srs. Piloni e Dino e pela Sra. Cristine; e à direita, pelo Presidente Rocha e pelo Vice-Presidente Executivo Bacci do SINAVAL.

03/09/2019|Seção: Destaque Superior 300px, SINAVAL Informa||

Petrobras recebe 43 multas do Ibama em uma semana por poluir o mar

Irregularidades foram constatadas em unidades de exploração e produção de petróleo e gás. Autos somam R$ 708 mil e foram aplicados após análise de relatórios apresentados pela estatal.
A Petrobras recebeu 43 multas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em um intervalo de uma semana, por despejo irregular de resíduos no mar a partir da operação de plataformas e navios. As penalidades variam de R$ 8 mil a R$ 32 mil, e totalizam R$ 708 mil.

03/09/2019|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , |

Wilson Sons Estaleiros – 80 anos de experiência em construção naval

Mais de 130 embarcações construídas e 200 docagens realizadas nos últimos 30 anos.

03/09/2019|Seção: Destaque 300px, SINAVAL Informa|Tags:, |

Projeto lei institui conteúdo local até 2040, multa pode chegar a 100%

Comissão de Minas e Energia da Câmara de Deputados aprova relatório do deputado Altineu Côrtes (PL/RJ) que institui índices fixos de conteúdo local para os leilões de petróleo da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

30/08/2019|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

CEO da Enauta fala sobre novos negócios e contratação de FPSO

Em entrevista a um portal de notícias, CEO da Enauta (antiga Queiroz Galvão Óleo e Gás), fala sobre estratégias de negócios e detalha contratação de FPSO para o campo de Atlanta

30/08/2019|Seção: Notícias da Semana|Tags:, , |

João assegura inclusão do estaleiro de Lucena entre projetos de interesse do país

O governador João Azevêdo assegurou, nesta quarta-feira (28), em Brasília, a inclusão do estaleiro para reparos navais, no município de Lucena, no portfólio de projetos de interesse do país, após reuniões com os ministros Marcos César Pontes (Ciência e Tecnologia) e Paulo Guedes (Economia) e com o embaixador Norberto Moretti (secretário de Política Comercial e Econômica do Itamaraty).

30/08/2019|Seção: Notícias da Semana|Tags:|

Plataforma com problemas no casco guarda 450 mil litros de diesel, diz ANP

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) afirmou nesta quarta (28) que o navio plataforma Cidade do Rio de Janeiro, que enfrenta problemas estruturais na Bacia de Campos, tem 450 mil litros de óleo diesel e 169 mil litros de borra oleosa em seus tanques. Segundo a japonesa Modec, responsável pela construção e operação da plataforma para a Petrobras, os danos no casco progrediram nesta quarta. A companhia afirma, porém, que continuam confinados a um tanque, o que configura cenário de estabilidade.

29/08/2019|Seção: Notícias da Semana|Tags:, |

Trincas em FPSO foram vistas durante desconexão de risers

As trincas no casco do FPSO Cidade do Rio de Janeiro foram identificadas quando ocorria a desconexão dos risers, na última sexta-feira (23). A unidade, operada pela Modec desde 2007, encerrou seu ciclo de produção em julho de 2018 e desde então está em processo de descomissionamento do campo de Espadarte, na Bacia de Campos. O navio plataforma está localizado a 130 quilômetros da costa. A Modec comunicou à Petrobras que a unidade permanece estável e em condições normais de calado e inclinação. O FPSO apresenta inclinação reduzida (12°) e um dano no casco de 25x3m de extensão, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

28/08/2019|Seção: Notícias da Semana||