O SINAVAL é a instituição que representa
os estaleiros brasileiros instalados
em diversas regiões do país.

SINAVAL Informa

Recriada na Câmara dos Deputados a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Indústria Marítima Brasileira

No dia 27 de março de 2019, por iniciativa da Deputada Professora Dayane Pimentel (PSL-BA) e com a adesão inicial de 202 Deputados e 14 Senadores, foi instituída na 56ª. Legislatura da Câmara dos Deputados essa importante Frente Parlamentar Mista, de característica suprapartidária e âmbito nacional. O objetivo da Frente Parlamentar, de acordo com o requerimento da Deputada da Bahia (que foi escolhida Presidente e Coordenadora na reunião preparatória realizada em 14 de março) é “estimular, defender e proteger os interesses sociais e econômicos da indústria marítima nacional nos seus mais variados segmentos: Indústria Naval, Marinha Mercante (longo curso, cabotagem e interior), Indústria de Defesa Naval, Indústria da Pesca, Indústria de Apoio Marítimo e Portuário e Indústria Náutica de Lazer, além de elaborar e acompanhar políticas e ações relacionadas a esse tão importante tema, pois o transporte marítimo é vital para o desenvolvimento e a soberania do País”.
Foi agendado pela Deputada Presidente da Frente Parlamentar um café da manhã na Câmara dos Deputados no próximo dia 24 de abril para apresentação da Frente, com a presença das principais lideranças dos segmentos representados. O Presidente do SINAVAL, Ariovaldo Rocha, estará presente a esse importante evento, acompanhado do Vice-Presidente Executivo Sergio Bacci.

SINAVAL Informa

Evento da Marinha do Brasil em Macaé, Estado do RJ

Na manhã do dia 17 de abril, a Marinha do Brasil comemorou os 36 anos da Delegacia da Capitania dos Portos em Macaé, no Estado do Rio de Janeiro, em evento que teve também a cerimônia de posse do Delegado da SOAMAR (Sociedade dos Amigos da Marinha) de Macaé. O Sr. Jorge Faria representou o SINAVAL no evento.

O SINAVAL, em nome da Indústria Naval e Offshore brasileira, congratula-se com a MARINHA DO BRASIL pela seleção da proposta final para construção das Corvetas Classe “TAMANDARÉ” e estende seus parabéns ao ESTALEIRO OCEANA, participante do CONSÓRCIO “ÁGUAS AZUIS”, por essa importante conquista que reafirma a capacidade e a excelência da Construção Naval do País.

Consórcio Águas Azuis é escolhido como fornecedor preferencial para construir as quatro corvetas da Classe Tamandaré

O Consórcio Águas Azuis, formado pela thyssenkrupp Marine Systems, Embraer Defesa & Segurança e Atech, subsidiária do Grupo Embraer, foi selecionado pela Marinha do Brasil para a construção de quatro navios de defesa no Programa CCT – Corvetas Classe Tamandaré como concorrente preferencial. O resultado foi anunciado hoje (28/03) e representa um novo marco para as indústrias de defesa e naval do País.

Projeto de lei dos EUA incentiva construção naval dedicada à cabotagem

Brasil e Estados Unidos são países privilegiados por contar com extensas costas marítimas. O território norte-americano, inclusive, é banhado por dois oceanos - Pacífico e Atlântico - e ocupa a nona posição entre as maiores extensões litorâneas do planeta. Entretanto, a frota de embarcações destas nações é muito baixa, reflexo de uma indústria marítima muito aquém de suas possibilidades e em posição de fragilidade se comparadas às indústrias de Alemanha, Japão, Noruega, Grécia e Cingapura, entre outras.
Para reverter este panorama um projeto de Lei foi apresentado nos Estados Unidos com o intuito de incentivar a construção naval dedicada à cabotagem. Em artigo escrito para o Portogente, o gerente de Desenvolvimento e Estudos da Agência Nacional de Transporte Aquaviários (Antaq), Cláudio Soares, avalia a iniciativa e demonstra como democratas e republicanos concordam em apontar a navegação interior como questão de segurança nacional, estímulo ao desenvolvimento e geração de empregos.

‘Jones Act’ contribuiu para 30% a mais empregos na indústria marítima dos EUA, aponta instituto

O setor marítimo dos Estados Unidos registrou aumento de 30% no número de postos de trabalho locais. De acordo com o Transportation Institute, esse aumento foi possível graças ao Jones Act, lei de 1920 que garante que o transporte de cabotagem pela costa americana seja realizado por embarcações construídas no país, de propriedade de armadores locais e tripuladas por americanos, promovendo a manutenção da base industrial marítima dos EUA. Segundo o instituto, a indústria hoje emprega perto de 650 mil americanos, dos 50 estados, e contribui com US$ 154 bilhões para o crescimento econômico anual do país.

Diretoria de Gestão de Programas da Marinha inicia projeto para obtenção de novo navio de apoio Antártico

A Marinha do Brasil, por intermédio da Diretoria de Gestão de Programas da Marinha (DGePM), comunica que iniciou o Projeto de Obtenção do Navio de Apoio Antártico com a publicação de Aviso de Chamamento Público específico, no Diário Oficial da União, em 22 de fevereiro de 2019. As empresas interessadas em fornecer as respostas ao documento intitulado “Solicitação de Informações” (“Request For Information” – RFI), seguindo as orientações contidas no DOU, poderão retirá-lo na própria DGePM, no período compreendido entre 09h00, do dia 25 de fevereiro de 2019 e 15h00, do dia 13 de março de 2019.

Prepare-se para a retomada definitiva do setor na Brasil Offshore 2019

Você está em busca de soluções inovadoras para a indústria de óleo e gás? Garanta sua participação na Brasil Offshore, o único evento do setor a atuar diretamente na rede de fornecedores do eixo Rio-Macaé e que este ano promove sua edição comemorativa de 20 anos fundamentada nos pilares de geração de negócios, conteúdo e networking.

Últimas Notícias

Congresso FPSO Brasil retorna ao Rio de Janeiro

Após um evento inaugural de sucesso em 2018, organizado pela Rede FPSO , o Congresso FPSO Brasil, que acontece de 28 a 29 de maio de 2019 , deverá retornar ao Rio de Janeiro para sua 2a. edição. Continuará sendo a única plataforma dedicada ao FPSO para o robusto mercado brasileiro.

ANTAQ e Abac debatem navegação de cabotagem

Representantes da ANTAQ e da Associação Brasileira dos Armadores de Cabotagem (Abac) se reuniram, nesta sexta-feira (15), na sede da Agência, em Brasília. O objetivo do encontro foi discutir a navegação de cabotagem. A associação apresentou um trabalho sobre o fomento e o desenvolvimento desse tipo de navegação.

SUPRG participa de encontro sobre indústria naval

Uma reunião foi realizada no dia 13 de março (quarta-feira), no Centro Administrativo Fernando Ferrari que tratou sobre o fortalecimento da indústria naval gaúcha. Participaram o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, o secretário de Governança, Claudio Gastal, o superintendente dos Portos do Rio Grande do Sul, Fernando Estima juntamente com outras autoridades e lideranças do setor.

Petrobras recebe aval do Ibama para produzir com a plataforma P-77

A Petrobras recebeu a licença de operação do Ibama liberando a produção no navio-plataforma P-77, que está instalado no campo de Búzios, área da cessão onerosa, no pré-sal da Bacia de Santos. A licença é válida até março de 2023. A empresa tem por prática colocar as unidades em operação horas após o recebimento da autorização do órgão ambiental.

Estaleiro de Angra dos Reis dá sinais de recuperação e começa a contratar

Uma boa notícia tem movimentado os habitantes da cidade de Angra dos Reis e cidades vizinhas, o estaleiro Brasfels começou a convocar caldeireiros e soldadores para realizar testes e se aprovados, podem formar cadastro na empresa. Pedimos para que vocês leiam toda a matéria, há informações inéditas e de grande importância.

Enseada está na disputa por super contrato com a Marinha do Brasil

A paradeira na foz do rio Paraguaçu pode estar com os dias contados. O Consórcio Villegagnon – composto pela Naval Group, Mectron e o Estaleiro Enseada – está entre os quatro finalistas de uma licitação para a construção de quatro navios de guerra para a Marinha, cujo investimento deve chegar aos R$ 6 bilhões, nos próximos sete anos.

Compra de corvetas para a Marinha deve ser definida ainda este mês

As negociações do contrato de aquisição de quatro novas corvetas para a Marinha, um investimento estimado entre US$ 1,6 bilhão e US$ 2 bilhões, serão encerradas até o fim do mês. A entrega das ofertas dos quatro consórcios candidatos finalistas à encomenda está marcada para esta sexta-feira, 8, em Brasília. O anúncio do ganhador deve ocorrer nas próximas duas semanas.

Pernambuco: costas largas para o crescimento

Economia de Pernambuco vem reagindo à crise que tomou conta do País a partir de 2014. Pelos dados disponíveis até o terceiro semestre de 2018, o Produto Interno Bruto (PIB) estadual teve um aumento de 2,2% em relação ao mesmo período de 2017. Enquanto aguardamos a divulgação do quarto trimestre, fica a estimativa de que a economia pernambucana cresça entre 2% e 2,5% em 2018.